Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Posições renumeratórias

"São, pois, identificados os níveis remuneratórios correspondentes às posições remuneratórias daquelas carreiras e respectivas categorias, em estreita conformidade com os princípios e regras estabelecidos na Lei n.º 12-A /2008, de 27 de Fevereiro.

O presente decreto regulamentar cria, ainda, nas carreiras de assistente técnico e de assistente operacional, posições remuneratórias complementares para os actuais trabalhadores que transitem para tais carreiras."

Ao analisar a proposta de Decreto Regulamentar Registado  com  o  n.º  DR, 117/2008  no  livro  de  registo  de  diplomas da Presidência do Conselho, em 19 de Março de 2008, tiramos as seguintes conclusões:

Cada vez mais os gestores da coisa pública, decidem a vida de quem trabalha para o estado de forma arbitraria e anti humana, em que nada dignifica qualidade que se pretende para os seus colaboradores, senão vejamos:

Em 2005 foram congelados os escalões, colocando milhares de trabalhadores na impossibilidade de passagem ao escalão, em 2008 com a publicação da Lei 12-A /2008, deveriam os mesmos ter sido descongelados, mas isso não aconteceu. Continua o congelamento encapotado.

Agora surge o novo posicionamento remuneratório e vamos ver a justiça do mesmo com vários exemplos:

Exemplo 1:

Operário Altamente Qualificado

Atingiu os seis anos de serviço em Janeiro de 2007, teria inicialmente a subida de um escalão e a abertura de concurso interno para passagem a Principal.

O que aconteceu:

O escalão está congelado, portanto não subiu e ficou a receber menos 30 Euros por mês.

Por vontade do gestor (eleito ou nomeado) o concurso não foi aberto, porque ele possui o poder de escolher se abre ou não e se esse colaborador é digno de ser promovido ao posto de trabalho imediatamente a seguir.

Este trabalhador continua um ano depois no índice 199, que de acordo com a nova tabela remuneratória caí no Nível 5, quando se o descongelamento não tivesse existido estaria no índice 209, que de acordo com as regras seria reposicionado no Nível 5. Mas a vontade do seu gestor em consonância com o congelamento decidiu não abrir  o concurso, então, em vez de estar no escalão 233 que seria o Nível 7, fica no Nível 5 por vontade pura e simples do gestor (Democracia).

Resumindo, de acordo com as novas regras, este colaborador que por direito estaria no Nível 7 no novo sistema, tem de esperar mais 20 anos para chegar à posição remuneratória que teria, se não houvesse a descrição , por parte do seu membro do governo.

Exemplo 2:

Assistente Administrativo

Janeiro de 2007 - 6 anos de serviço escalão 209, transitaria para o escalão 218 (Congelado). Estava em condições de abertura de concurso interno para Principal Escalão 222, o gestor decidiu não abrir o concurso, como fica na nova aplicação:

Fica posicionado no nível 5 , quando ficaria posicionado no nível 6,  se o concurso fosse aberto.

Estes reposicionamentos nestes níveis , embora de vencimento inferior, mantêm o vencimento que auferem à data da entrada em vigor, diga-se, têm que esperar que o índice   ultrapasse o valor que auferem, para que tenham um aumento de salário. Não será isto, um novo congelamento encapotado?

publicado por carreiras2008 às 14:27
link do post | comentar | favorito

TABELA PROPOSTA


Tabela remuneratória única

Escala salarial (actual) das carreiras do regime geral

Níveis remuneratórios

Montante pecuniário (2008)

Índice correspondente

1

426,00

RMMG                   a)

2

517,10

155

3

567,14

170

4

617,18

185

5

663,88

199

6

717,26

215

7

767,30

230

8

814,01

244

9

867,39

260

10

917,43

275

11

967,47

290

12

1017,51

305

13

1067,55

320

14

1117,59

335

15

1167,64

350

16

1217,68

365

17

1267,72

380

18

1317,76

395

19

1367,80

410

20

1417,84

425

21

1467,88

440

publicado por carreiras2008 às 14:26
link do post | comentar | favorito

...

22

1517,93

455

23

1567,97

470

24

1618,01

485

25

1668,05

500

26

1718,09

515

27

1768,13

530

28

1818,17

545

29

1868,22

560

30

1918,26

575

31

1968,30

590

32

2018,34

605

33

2068,38

620

34

2118,42

635

35

2168,47

650

36

2218,51

665

37

2268,55

680

38

2318,59

695

39

2368,63

710

40

2418,67

725

41

2468,71

740

42

2518,76

755

publicado por carreiras2008 às 14:25
link do post | comentar | favorito

...

43

2568,80

770

44

2618,84

785

45

2668,88

800

46

2718,92

815

47

2768,96

830

48

2819,00

845

49

2869,05

860

50

2919,09

875

51

2969,13

890

52

3019,17

905

53

3069,21

920

54

3119,25

935

55

3169,30

950

56

3219,34

965

57

3269,38

980

58

3319,42

995

59

3369,46

1010

60

3419,50

1025

61

3469,54

1040

62

3519,59

1055

63

3569,63

1070

publicado por carreiras2008 às 14:25
link do post | comentar | favorito

...

64

3619,67

1085

65

3669,71

1100

66

3719,75

1115

67

3769,79

1130

68

3819,83

1145

69

3869,88

1160

70

3919,92

1175

71

3969,96

1190

72

4020,00

1205

73

4070,04

1220

74

4120,08

1235

75

4170,13

1250

76

4220,17

1265

77

4270,21

1280

78

4320,25

1295

79

4370,29

1310

80

4420,33

1325

81

4470,37

1340

82

4520,42

1355

83

4570,46

1370

84

4620,50

1385

publicado por carreiras2008 às 14:25
link do post | comentar | favorito

...

85

4670,54

1400

86

4720,58

1415

87

4770,62

1430

88

4820,66

1445

89

4870,71

1460

90

4920,75

1475

91

4970,79

1490

92

5020,83

1505

93

5070,87

1520

94

5120,91

1535

95

5170,96

1550

96

5221,00

1565

97

5271,04

1580

98

5321,08

1595

99

5371,12

1610

100

5421,16

1625

101

5471,20

1640

102

5521,25

1655

103

5571,29

1670

104

5621,33

1685

105

5671,37

1700

publicado por carreiras2008 às 14:21
link do post | comentar | favorito

...

106

5721,41

1715

107

5771,45

1730

108

5821,49

1745

109

5871,54

1760

110

5921,58

1775

111

5971,62

1790

112

6021,66

1805

113

6071,70

1820

114

6121,74

1835

115

6171,79

1850

publicado por carreiras2008 às 14:20
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Contratos na Administração Pública

Segundo o Diário Económico, o Governo afasta despedimentos colectivos no Estado. Publicamos o link para a notícia deste órgão de comunicação social. Os primeiros comentários estão abertos.

 

 

 

publicado por carreiras2008 às 15:41
link do post | comentar | favorito

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Posições renumeratórias

. TABELA PROPOSTA

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Contratos na Administraçã...

.arquivos

. Abril 2008

.subscrever feeds